Grávidas não vacinadas têm até 5 vezes mais chances de morrer de Covid-19


Segundo levantamento feito pelo Observatório Obstétrico Brasileiro Covid-19, 80,4% das gestantes e puérperas internadas com quadros graves de covid-19 não tomaram nenhuma dose da vacina. Esta conclusão foi divulgada nesta terça-feira, 19 de outubro, na plataforma SIVEP-Gripe, segundo reportagem no portal da Revista Crescer.


Para o levantamento, foram consideradas todas as grávidas e puérperas, de 10 a 55 anos, que testaram positivo para covid-19 e foram internadas com Síndrome Respiratória Grave (SRAG), a partir de maio de 2021, quando começou a campanha nacional de vacinação para esses grupos. 

A reportagem destaca que os riscos de complicações e de morte são maiores para as gestantes que não se vacinaram, que podem alcançar índices de mortalidade superiores a 14%. Por outro lado, entre as vacinadas, este número cai para 9,3% na primeira dose, e 3,2% com as duas doses. 

Por este motivo, as principais organizações de saúde do mundo recomendam que todas as grávidas e puérperas se vacinem contra a covid-19 o mais rápido possível.


Confira a reportagem completa clicando aqui.


#thomazGollop#Ginecologia#Obstetricia #Covid-19 #Gravida #OOBC #Gravidez #Puerperas