Outubro Rosa: mês de prevenção do Câncer de Mama


Já estamos no mês de Outubro, o mês em que mundialmente se promove a divulgação e conscientização da prevenção do Câncer de Mama.


O movimento Outubro Rosa foi criado no início da década de 1990, pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, em Nova York (EUA).


O objetivo é compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer de mama, contribuindo para a redução da incidência e da mortalidade pela doença.


“O câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo. Em 2020, cerca de 2,3 milhões de casos novos foram diagnosticados em todo o mundo. Isso representa quase 25% de todos os tipos de câncer diagnosticados em mulheres”, explica o Dr. Thomaz Gollop.


No Brasil, foram estimados 66.280 casos novos de câncer de mama em 2021, sendo a principal causa de morte por câncer entre as mulheres.


Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região das axilas.


“Em caso de qualquer destes sinais, é importante procurar um médico com urgência. Os exames preventivos e as consultas regulares ao ginecologista também devem ser realizados e são uma excelente medida de prevenção, inclusive, do câncer de mama”, alerta Dr. Thomaz.


Confira mais detalhes da campanha do Outubro Rosa e sobre o câncer de mama na nova edição da cartilha “Câncer de mama : vamos falar sobre isso?”, que acaba de ser lançada pelo Ministério da Saúde e Instituto Nacional de Câncer (INCA).


Previna-se, cuide-se, consulte um médico e faça exames preventivos regularmente.


#thomazGollop#Ginecologia#Obstetricia